Realização de um sonho!

Oi gente! Tenho novidades fresquinhas para compartilhar com vocês!!!

Amigas que estão desmotivadas, eu estava assim, sem saber o que fazer da vida após 23 anos sendo do lar, apenas do lar, cuidando da família, da casa e tudo mais. Porém meus filhos cresceram e estão seguindo seus caminhos, eu me vi sem saber o que fazer até que minha filha, de volta ao Brasil, me chamou para trabalharmos juntas. Após tantas idéias decidimos por algo que gostamos muito, ROUPAS. Ela é formada em moda com especialização em merchandising pela universidade FIT em New York, e é sempre e elogiada pelos looks que usa, ai pensamos VAMOS ABRIR UM ECOMMERCE DE MODA, ( http://www.fashbiteshop.com.br/) com roupas cheias de tendências e qualidade mas que possa ser usados por todos. São peças charmosas e que vão te deixar linda!

Convido todas a conhecerem a loja e me falarem o que acharam, conto com todas para compartilharem comigo esse momento de extrema felicidade e expectativas. Desde já meu muito obrigada a todas que veem me apoiando aqui e no blog.

Link: http://www.fashbiteshop.com.br/

Confira as fotos da campanha 🙂

FOTOGRAFO: @henriquesch nossso muito obrigada pela parceria. Beijos!

14572457_10154656292684172_1018655290_o

Modelos : Fuad Melhem & Helo Salata

14585693_10154656293274172_1670278330_o

Modelo: Laura Uiara

14600571_10154656292839172_1605252063_o

Modelos: Flavia Adria & Helo salata

FOTOGRAFO: @gumenasce nossso muito obrigada pela parceria. Beijos!

14614330_10154656296469172_1801526230_o

Modelo: Keli Fiorin

14585601_10154656296454172_1483724491_o

Modelo: Michelle Guedes

14599705_10154656296449172_1254482888_o

Modelo: Michelle Guedes

Turistando em Nova York

Oii gente, tudo bem com vocês?

Mais sobre Nova York, como vocês já sabem eu amo essa cidade! Fui visitar minha filha em Nova York semana passada, apesar de ter falado que não iria, acabei indo por alguns motivos justificáveis hahahahahah. Primeiro era aniversário dela e lógico que eu não podia deixar de estar com ela nessa data. Segundo porque lá agora tem férias de verão e ela precisava se mudar do campus e é claro que eu precisava estar lá para ajudá-la, afinal ela é formada em moda, então imaginem o tamanho da mudança dela, e por último, mas não menos importante, eu estava morrendo de saudade, pronto falei.

20150830_214827770_iOSIndo ao assunto que interessa: entre uma coisa e outra aproveitamos para turistar, sempre tem coisa para ver em Nova York, a cidade em si já é de uma beleza incrível. Visitamos o Museu de Arte Moderna, mais conhecido como MoMA, foi bem interessante, mas confesso que não entendo nada de arte, mesmo assim passamos um bom tempo por lá, tem muitas coisas legais! Tem obras de Vincent van Gogh, Pablo Picasso, Aristide Maillol, Marc Chagall e muitos outros, e para melhorar toda sexta feira das 4PM às 7PM a entrada é free, então fica a dica, faça sua pesquisa e aproveite! Passei um tempo olhando A Noite Estrelada de Vincent van Gogh, achei lindo, como já disse não entendo nada de artes, fiquei um tempo tentando entender e fiz a mesma coisa com outros e diria que é no mínimo interessante, desperta o interesse de quem quer saber mais e aprender pelo menos o mínimo, cultura nunca é demais.

20160513_214145355_iOS

James Ensor, Belgian, 1860-1949. Masks Confronting Death 1888

Agora no quesito restaurante finalmente posso dizer que tenho um preferido, aliás o único que eu voltaria, além do Brazil Brazil, que obviamente é brasileiro e a comida é uma delícia. Comemoramos o aniversário da Jessica no Sugar Factory American Brasserie, por escolha dela e eu já pensei “lá vamos nós para mais um jantar não agradável ao meu paladar”, mas como ela tinha feito reserva (e lá só com reserva mesmo) e era aniversario, achei justo ir onde ela queria. Logo que chegamos fomos informados que só poderíamos entrar quando todos os convidados chegassem até aí ok, quando todos estavam lá, fomos informados que teríamos que esperar ter uma mesa disponível, esperamos alguns minutos, já viu né? Já entrei pronta para reclamar e falar mal de tudo, mas logo que fomos para a mesa fui contagiada pela música alta e jovial e o ambiente alegre, quando chegaram os drinks especiais da casa, PRONTO, já era meu restaurante preferido, hahahahaha foi o melhor drink que tomei! Acho que os drinks são o ponto alto do lugar, muito interessantes, mas não me lembro o nome, mas era com vodka de melancia energético e algum suco, com muitos ursinhos de gelatina e com alguns cubos de gelo seco, que tornam a apresentação bem legal, O sabor é fantástico e o drink é gigante pode te deixar altinho sem você nem perceber, são feitos para dividir, mas dá para tomar sozinho hahahaha. O atendimento é ótimo. Bar men educados, eficientes e divertidos. Se for aniversario eles cantam parabéns e fazem uma festa, a sobremesa também é demais. Adorei! É um lugar de gente jovem e isso não significa pouca idade, se você gosta de lugares alegres e divertidos é lá mesmo hahahahahahah super recomendo. Vários famosos já passaram por lá e a parede de fora tem foto de todos, das Kardashians até o Gerard Butler.

20160516_232315668_iOS

Sugar Factory American Brasserie

Passeamos pelo High Line que é um jardim suspenso, de lá se tem uma vista maravilha de várias ruas de NY e o pôr-do-sol que reflete no rio Hudson é uma visão linda demais, o lugar é muito agradável e frequentado por moradores e turistas do mundo todo, se estiver em NY não deixe de passar por lá. O High line foi criado onde existia uma linha de trem suspensa que cortava os distritos de Meatpacking, Chelsea e Midtown, que estava abandonada há muitos anos e servia de moradia para drogados e mendigos, a estrutura original foi mantida, mas reurbanizada e transformada num parque público. Além do pôr-do-sol refletido no rio Hudson, tem vista para muitos outros cartões postais, como o Chrysler Building, o Empire State, Building e ao longe, bem ao longe a Estátua da Liberdade. Em NY quase não existe lugares abandonado, eles aproveitam todos para criar áreas de lazer, então as pessoas acabam tendo muitas opções sem ter que gastar muito. depois de ver o  pôr-do-sol pode aproveitar para jantar no Sugar Factory American Brasserie  ♥

Querem fazer algo parecido no minhocão aqui em São Paulo, que é bem parecido. São Paulo, é uma cidade com pouco espaço, temos poucos parques e em dias de chuva não temos nada para fazer além de ir ao shopping e pegar um cineminha, se está com pouco ou zerado de grana fica em casa vendo netflix e comendo pipoca de micro-ondas é o programão. Mas em dias ensolarados os parques ficam lotados também, como nos shoppings fica impossível achar uma vaga para parar, estacionamento é uma paulada… melhor focar nas coisas boas hahahahahahaha. Temos pouco espaço, mas ainda existem lugares degradados que podem ser reurbanizados e aproveitados como área de lazer para a população.  O minhocão, fica no meio da cidade de São Paulo, imaginem transformado em um grande parque com jardins, espreguiçadeiras aqui tem que ser de concreto né?  E pequenos bares para a população. Tomara que isso vire realidade de um lugar lindo lugar de lazer precisamos mais disso aqui em nossa cidade. Bem gente é isso.

20160516_230045645_iOS.jpgPara não ficar cansativo para vocês vou dividir esse post em 3 partes, não deixem de acompanhar todas as coisas incríveis que se pode fazer em sua viagem a NYC através do olhar de um turista.

espero que tenha gostado

Beijos

Sonhar é necessário

Sonhos

Os sonhos fazem parte das nossas vidas, as mulheres talvez sonhem e fantasiem um pouco mais que os homens. Os sonhos dourados! Cada uma com os seus: umas sonham com a fama, outras com sucesso, riqueza e poder, ou quem sabe uma grande história de amor. Todas temos ou tivemos o nosso sonho de infância. Alguns mudaram com o tempo, e outros continuaram até enfim se realizarem. Eu, desde que me lembro sonhava com uma única coisa: ter minha casinha e uma linda família. Minhas brincadeiras sempre envolviam uma casa, e as bonecas costumavam ser minhas filhinhas, eu tinha várias, e todas eram minhas filhas… Talvez esse meu desejo de ter uma grande família existisse por eu ser filha única, mas esse foi meu sonho de infância e me acompanhou pela adolescência, até o dia em que isso tudo se tornou realidade. E aqui estou, com uma casinha e filhos maravilhosos praticamente criados e donos das suas vidas,  sou muito feliz em ver meu sonho realizado e minha grande e linda família, mas sinto que está na hora de buscar novas coisas para mim, agora que minha missão está quase cumprida. Sempre estarei aqui para a minha família, mas esse sonho está completo, as vezes eu penso se não devia estar sonhando com os netos, mas a verdade é que os meus sonhos mudaram, hoje penso mais em mim e em fazer coisas para o meu prazer e somente meu! É claro que espero ter netos ,mas eles serão filhos dos meus filhos e cabe a eles criar, cuidar e educar, porque a base está dada, o resto é com eles, eu estarei ali somente para dar batata frita, Coca-Cola, contar as histórias que meus filhos mais odeiam e estragar meus netinhos.

 

A verdade é que agora busco novos propósitos, novos motivos para seguir em frente, e sinto que o tempo passou e eu cumpri com os meus objetivos, vi meu maior sonho ser realizado e tenho muito orgulho de tudo que vivi, e viveria tudo novamente sem mudar um virgula, nenhum arrependimento, só alegrias que sei que continuaram pelo resto da minha vida. Apenas desejo construir coisas novas, viver novos desafios, coisas novas, aproveitar a vida… Nunca é tarde para sonhar, e os sonhos são o que impulsionam a seguir em frente. Ainda não sei em que me focar, mas sei que estou livre para ser eu e fazer o que eu quiser e enfim continuar sonhando espero que sempre ao lado do meu companheiro da vida, de todos os momentos pai e marido impecável!

Como dizia uma grande mulher que tive a honra de conhecer, enjoy the life forever!

Voluntários ou Anjos

Tania blog reportagem materia

Nestas duas últimas semanas passamos por momentos muito difíceis!

Meu sogro um senhor de 89 anos passou por muitos momentos, algumas vezes até perdemos as esperanças!

E foi em meio a dor e angustias dos filhos, netos e nós as agregadas, que conhecemos melhor o lindo trabalho de uma voluntária. Já tínhamos passado por uma experiência, mas dessa vez resolvemos conversar e descobrir o que leva uma pessoa a dedicar seu tempo livre a ajudar desconhecidos, com tanto carinho e dedicação.

Conversamos com a Celine Tania Cattan, voluntária no Centro de Terapia Intensiva – Adultos (CTI-A) do Hospital Israelita Albert Einstein. Uma pessoa alegre, cheia de vida e com muita disposição, sem falar do amor ao próximo.

Quando você decidiu que queria ser uma voluntária?

Ha muito tempo, eu sempre quis, mas não tinha tempo… Eu trabalhava e não conseguia conciliar os horários, era uma coisa que eu sabia que faria bem para mim, e não é que eu estava pensando nós outro, era pra mim mesmo.

Porque você queria ser voluntária?

Por mim, era uma coisa que eu queria por me faz bem, ajudar a passar um pouco de conforto ou dar uma palavra para aqueles que precisam em momentos tão difíceis.

Você já havia feito algo do tipo antes?

Nada, nunca

E como você veio parar aqui?

Eu sabia, tinha lido que tinha um departamento de voluntárias, tinha uma amiga que era voluntaria aqui, ai pensei ‘’vou tentar’’, me inscrevi e me chamaram, mas eu não queria na internação, queria na pediatria mas me falaram que só tinha na internação. Ai fui e foi bom, mas eu queria algo mais, ai pensei na UTI, que estava precisando, entrei como voluntária, passei para vice coordenadora depois e hoje sou coordenadora.

Ohh

Foi rapidinho, quando faz com amor e dedicação as coisas andam

Como você acha que é importante para os pacientes o seu trabalho e para famílias também?

Para famílias é sempre uma palavra de conforto e de consolo, eles ficam tão fragilizados que querem ouvir qualquer coisa, ou desabafarem, na maioria dos casos eles só querem falar, só precisam de alguém que escute…Os pacientes infelizmente aqui estão dopados ou em coma então o conforto é mais para os familiares mesmo.

E você se sente gratificada?

Muito, muito mesmo, quando eu saio me sinto leve, apesar de enfrentar muitos problemas de quadros gravíssimos e pacientes terminas. Mas é tão bom quando alguém segura minha mão e diz “obrigada, como você é generosa, é meu anjo’’ ou “olhem as moças de rosa’’, eles sabem que estamos aqui para ajudar.

Qual foi a pior coisa qual você já passou aqui?

O caso de um rapaz de 17 anos que tinha meningococcemia – infecção generalizada causada por uma bactéria. Disseram que ele tinha 1% de chance de sobreviver, tiveram que amputar os 4 membros, foi uma lição de vida e olha que ele é DJ… acredite se quiser, agora ele dá palestras e editou um livro também, ele superou e deixou uma linda lição a todos nós. E o de uma senhora, mãe medica, filha também medica, tinha uma doença raríssima ficou 9 meses aqui, e não conseguiram, a mãe não saiu daqui os 9 meses, só saiu quando acabou… Nesses casos a gente cria um carinho, nesses dois casos me envolvi muito

E nunca pensou em desistir?

Não, nunca, pelo contrário para mim é ótimo, faz um bem, sabe

Ser voluntaria para você é…

Ser voluntária é uma dádiva que Deus me deu, quando passo uma palavra de carinho, consolo e boa energia para as pessoas carentes e fragilizadas, ganho em troca contato humano e convivência com novas pessoas, aprendendo sempre

Ser voluntaria é e sempre será, uma lição de vida

Voluntariar e igual a terapia da alma!

Para quem quer ser voluntário e não sabe como proceder o que você diz?

No 15 andar do Einstein Morumbi falar com mariana! Ela entrevista, tem uma integração e uma seleção.  Qualquer pessoa pode ser voluntária, partir dos 18 anos, temos muitos jovens no voluntariado, não só aqui no hospital, tem também no Paraisópolis, o residencial que fica na vila mariana que são os idosos, temos profissionais de várias áreas como cabeleireiros, maquiadores, manicures, enfermeiras e vários outros…

Entrevista Carolina Birenbaum – Trabalhando com eventos

20141022_221231000_iOS                             Carol mae

Oi gente!
Para quem não sabe, estamos criando um canal no youtube para contar, compartilhar e descobrir mulheres com diferentes histórias.
A primeira é a Carol Birenbaum, que trabalha com eventos e conta um pouquinho da carreira dela e dá umas dicas pra quem tem vontade de trabalhar com eventos.

Gostaram?
Beijos

Histórias: Precisei mudar de estado e foi uma batalha!

claudia1

claudia

Para começar nossas histórias com mulheres incríveis vamos começar com uma pessoa especial que passou por uma grande mudança em sua vida.

Vamos Bater um papo com a amiga Claudia Miltzman,

Uma Paulistana que se mudou de São Paulo para Porto Alegre.Ela deixou a comodidade de tudo que estava acostumada como família, hobbies, e as deliciosas tarde no clube ao lado de amigas enquanto acompanhava os filhos em atividades esportivas, para acompanhar o marido em uma nova etapa de sua vida. Vamos ver como foi!

Quem é você?
Meu nome é Claudia Miltzman Sou nascida em São Paulo mas moro a 7 anos em Porto Alegre, adoro a vida
e amo minha família. Amo passear, conhecer lugares e pessoas. Amo pessoas verdadeiras, amigos de verdade. Detesto falsidade.

Quando Se você mudou de São Paulo e porque?
Mudei-me em dezembro de 2007 porque meu marido mudou de emprego e ele queria mudar de ares.

Como foi pra você receber essa noticia?
Estressante, não curti muito porem tive que apoiar. Mudança nunca é fácil!

O que você deixou pra trás?
Deixei pra traz minha família,meus amigos, (Risos) e a cidade que eu amo. Larguei tudo que eu curtia para ir cuidar da minha turma. Me deixou meio chateada mas me deixou forte também

Foi difícil lidar com a mudança?
Bem difícil sim! No inicio eu me senti sozinha, pois tive dificuldade em fazer novos amigos, não me adaptei completamente ate hoje.

Como foi lidar com os filhos, dar a noticia?
Qual a Reação deles? Foi fácil! Ambos aceitaram na hora.

O que foi mais difícil?
Eu me habituar com a língua sulista, com o clima, com as pessoas, com a comida, engordei 30kg aqui,
eu estava magrinha….

Você acha que entrou em depressão?
Acho não… Eu entrei numa baita depressão, faço analise ate hoje. Entrei num buraco bem fundo mas hoje estamos bem.

Como a sua vida mudou?
Mudou 180o, tudo se acostuma, as pessoas que eu amo estão felizes,e os amigos verdadeiros ainda estão comigo,morro de saudades!

Do que você sente mais saudades?
Família, amigos, hora do rush (esse não hahaha), não poder estar ai quando minha sobrinha nasceu foi triste e também perder aniversários…

Hoje, quais são suas perspectivas e sonhos? São os mesmos de antes da mudança?
Não e sim, sim para que meus filhos sejam felizes,encontrem o que procuram. E não, não quero mais morar em Sampa, gostaria de morar fora do Brasil, isso me deixou mais segura pra morar fora.

Estaria pronta caso precisasse fazer de novo?
Com certeza pois hoje eu sei o que é mais importante, e sei que amigos verdadeiro não vão embora,
e sim que fica mais forte a relação. Quanto a família estão sempre ai quando precisamos deles,o mais importante é termos certeza disso

Quais foram as lições aprendidas e vividas ao longo desses anos?
Basicamente que temos sempre que valorizar os momentos bons, aprender com os ruins, conhecer melhor as pessoas ao seu redor e confiar mais em seus instintos.

O que você tem a dizer para quem esta passando por esse momento?
As coisas podem parecer péssimas, mas tudo acaba se ajeitando, você passa a se conhecer melhor, a união entre você e seu marido, se não quebrar, fortalece mais ainda, seus familiares sempre estarão de portas abertas pra ti e seus amigos que te admiram sempre te abraçarão quando for visita-lo. Claro que mudam os costumes,você sentirá que não faz mais parte deles de certa forma, mas de um modo geral tudo se encaixa e ficará mais forte para o que der e vier.

Muito obrigada Claudia Miltzman e bem-vinda a nossa sessão de entrevistas aqui do blog ❤
Gostaram? Querem contar sua história? Conversar com a Claudia? Ou tem algum problema que parece que só você no mundo ta passando? Manda pra gente, e vamos compartilhar!
Beijos